Antes das Cinco » Arquivos Bullet Journal // O que é? - Antes das Cinco
Menu

Meu amores, tudo bom? Cá estou escrevendo esse post para esclarecer alguns pontos sobre a minha experiência com o Bullet Journal. Duas coisas me motivaram a vir explicar o que é um BuJo (apelido carinho) sob meu ponto de vista:

♥ Minhas amigas tem uma fala muito comum: tenho vontade de fazer, mas não tenho o dom (q?)

♥ Uma dessas amigas perguntou: O que o Bullet Journal mudou na sua vida?

Então vamos entender o básico. Se você digitar no nosso best friend google a resposta padrão vai ser essa:

“Ferramenta útil, o bullet journal tem se mostrada um ótimo recurso para ajudar na organização, seja em cunho pessoal ou profissional. Método criado por um designer americano chamado Ryder Carrol, busca “rastrear o passado, organizar o presente e se preparar para o futuro”, lema do próprio criador.”

E dai vai ter esse vídeo aqui mostrando como fazer:

Nas minhas palavras, o Bullet Journal é uma ferramenta poderosa de organização e autoconhecimento. Dito isso, preciso quebrar o tabu que é o de não ter o dom. Muita gente tem esse pensamento e parece confuso, mas basta pesquisar #bulletjournal no instagram e você vai entender o que não ter o dom significa.

Há uma série de fotos exibindo cadernos lindos, letras perfeitas e desenhos incríveis. Gente, o objetivo principal do Bullet Journal é organizar, depois disso você acrescenta seus interesses pessoais:

É melhorar tua letra? Beleza.

É aprimorar ou aprender desenhar? Ok.

É anotar exclusivamente coisas do trabalho? Certo.

É usar como um diário? Tranquilo.

É fazer tudo isso? Maravilha.

 

Aqui vão alguns recursos básicos para começar o seu BuJo:

♥ 1 caderno. Pode ser de R$ 1,99. Com pauta, sem pauta, quadriculado. Do jeito que te atender melhor.

♥ 1 lápis ou caneta. Bic de R$ 0,90 centavos.

Pronto. Você está preparado para ter um Bullet Journal. Coloca uma única regra na sua cabeça: o caderno é seu instrumento de organização diária, precisa ser simples e atender suas necessidades.

Certo, questão do tal dom esclarecida, vamos a segunda parte.

 

O que o Bullet Journal mudou na minha vida?

Parece dramático falar assim, mas mudou sim. Eu disse ali em cima que considero o meu BuJo uma ferramenta poderosa de organização e de autoconhecimento. Digo isso porque antes de começar seu caderninho você vai se perguntar: Qual é o meu objetivo aqui?

Dai você descobre que quer anotar seu calendário de estudo e compromissos pessoais. Isso já quer dizer alguma coisa sobre você, mesmo que pareça óbvio, pensar na sua rotina diária é uma forma de autoconhecimento.

Certo. O tempo passa, você anota uma citação que você gostou ou descobre alguns exercícios que o Bullet Journal pode te oferecer, acaba descobrindo um pouquinho mais sobre sua pessoa. Descobre que umas coisas funcionam pra você, outras nem tanto… Enfim.

Hoje o meu Bullet Journal é a coisa mais preciosa e pessoal que tenho comigo, não porque eu escrevo segredos nele, mas porque coloco um pouquinho da minha mente, do meu corpo e da minha criatividade ali. Descubro diariamente o que funciona na minha vida.

Vou dar um exemplo. No vídeo ali em cima,  o criador do método nos ensina um calendário, no qual a gente escreve o número do dia acompanhado da letra da semana, dessa forma:

12 Q (dia doze de abril, quarta-feira)

13 Q

14 S

15 S

E dai você anota seus compromissos. Funcionou comigo? Não. O que eu fiz? Experimentei outra forma de calendário e se eu visse que não precisava de uma visão geral do mês, simplesmente deixaria de lado. Essa é a mágica do Bullet Journal, simplificar sua vida.

Se você não tem letra bonita, não importa. Se não sabe desenhar, tudo bem. Se quer colar figuras de revista, vai em frente. É a sua agenda e você tem as rédeas.  Uma coisa muito legal é que nunca fica chato, sempre tem alguém inventando coisas e lançando desafios 🙂

 

Coisas que você pode colocar no seu Bullet Journal (se for do seu interesse):

♥ informações sobre ciclo menstrual;

♥ coisas sobre sua alimentação (planjamento de refeições, lista de supermercado, calorias ingeridas…)

♥ monitorar seus exercícios físicos;

♥ os livros, filmes e séries que você acompanha (e quanto tempo fica neles) (anotar frases legais);

♥ monitorar seus estudos; (o que estudar na semana, datas de provas e trabalhos, resumos);

♥ organizar seu trabalho;

♥ monitorar seu humor (tem várias ferramentas legais!);

♥ monitorar sua saúde (sentiu dor de cabeça constante, tomou algum remédio?);

♥ monitorar suas finanças (anotar gastos, contas e compromissos);

♥ ficar de olho nos seus compromissos (rotina diária);

♥ organizar uma viagem.

Enfim, só algumas ideias. Espero que vocês tenham gostado desse post e que me deem sugestões. Vou deixar fotos de alguns Bullet Journals que eu gosto aqui:

 

 

 

 

 

Se sentiram inspirados e mais seguros sobre a ideia? Bem, não deixem de comentar sua dúvidas, críticas e sugestões. Beijos e até a próxima :*

Deixe seu comentário


@blogantesdascinco