Rush Sem Limites
15.09.2015

Rush

Oi pessoas!  Eu poderia ser aquela pessoa chata que ia dizer: esse livro é o ó… Mas ai não teríamos uma resenha esplêndida… Por isso, aqui estou para falar sobre Rush Sem Limites.

Acho importante começar dizendo que esse livro NÃO é uma sequencia de Amor Sem Limites. Rush Sem Limites não é nada mais, nada menos que a versão de Rush Finlay para Paixão Sem Limites – totalmente narrado pela Blaire.

Quero avisar também que essa resenha pode ser ou não bastante tendenciosa, já que acho uma coisa muito inútil esse negócio de ponto de vista de um e de outro em livros separados. Mass here we go.

RUSH

O Rush costumava ser um bad boy, isso mesmo, costumava. Ele tinha tudo o que queria: mansão na praia, mulheres em sua cama e uma arrogância sem fim. Mas isso tudo parecia muito pequeno em vista do que ele julgava realmente ser importante, no caso, cuidar da meia irmã Nan e garantir que nada lhe machucasse.

A única pessoa capaz de tirar o seu sossego chega em Rosemary Beach: Blaire Wynn e seu rosto angelical. Rush possui um segredo e pra ele não vir a tona, ele precisa ficar longe da loira do Alabama…

Apesar de Blaire ser um doce de pessoa, Rush acha que ela só está ali para tomar o lugar e prejudicar a meia irmã. Ele sabe que precisa se manter longe por causa da misteriosa conexão entre as duas, mas o desejo fala mais alto.

RUSH

Deixando as hostilidades de lado, Rush Sem Limites é um livro que não acrescenta em absolutamente nada na série e que pode passar batido numa boa, levando em conta que é EXATAMENTE a mesma história de Paixão Sem Limites, fiquei até meio WTF? porque esse estilo de livro costuma acrescentar alguma informação, e não foi o que aconteceu aqui. Fiquei frustrada 🙁

Vocês já leram? Tiveram a mesma impressão?

Beijinhos e até a próxima!

2 comentários

  • Bia disse:

    Simplesmente AMO tuas resenhas dos livros da Abbi, elas me divertem muitíssimo ahaha tu é a melhor pessoa pra resenhar um livro do qual não gostou e ainda assim passar algum aspecto positivo sobre ele. Um detalhe: essas autoras de NA adoram uns “omi” cheio de segredo ne? Nam, nunca tinha visto tanta tragédia no passado junta ahahah.

    Beijos,
    Bea.

    http://www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

  • Deixe seu comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    @lumanunesblog