Antes das Cinco Arquivo para DICAS - Antes das Cinco
Menu

Oi gente! Olha só o que aconteceu e eu achei legal de compartilhar… Sou virginiana e uma coisa que me incomoda na personalidade do meu signo é a tal da organização. Eu sempre tiro um dia pra organizar tudo, mas na maior parte do tempo me considero desorganizada. Metódica sim, organizada não. Semanas atrás passei na banca de revistas e vi uma capa que me chamou atenção: Organize Sua Vida. Deixei ela lá na estante e liguei pra Talita que assina a tal revista pra pedir emprestada e quando pedi, ela falou: pensei em em te dar ela, achei sua cara.  Fiquei revendo minha vida igual em filme rs e percebi que apesar de não me achar organizada, as pessoas ao meu redor me veem como uma pessoa assim. E eu gostei de saber disso.

Mas falando do que interessa, eu li a matéria e achei um barato, então aqui vai um resumão básico. A reportagem abordou basicamente o método queridinho do momento que o da Mari Kondo. Logo nas primeira páginas, a matéria chama atenção pelo design, mas confesso que me perdi uma vez no meio da bagunça rs.

♥ Objetos espalhados sobrecarregam os sentidos e atrapalham o relaxamento mental e físico

A primeira coisa que achei interessante é a história tirada do livro A Mágica Da Arrumação, no qual Mari Kondo conta que entrou em um apartamento hiper bagunçado e que levou dois anos para conseguir organizar tudo. Nesse caso, a solução prática seria doar ou jogar fora parte da bagunça, mas essa solução mataria o cliente de tristeza pela perda súbita do acervo ou só trocariam o problema de lugar, deixando apenas a bagunça mais organizada. A matéria mostrou que quanto mais você acumula, mas chance de trazer tristeza e ansiedade você terá. Afinal, quem nunca se sentiu deprimido por não saber como arrumar o guarda-roupa ou gastou horas tentando escolher o que vestir e depois achou que escolheu mal? Pois é…

♥ Bagunça distrai e tira o foco dos afazeres

A desordem leva o seu foco embora. Um exemplo muito claro disso, é quando começamos a fazer  algo importante, mas deixamos o alerta das redes sociais ligado. Paramos o que estamos fazendo toda hora para checar mensagens que chegam e levamos horas para concluir a tarefa inicial. A bagunça nos deixa improdutivos.

♥ Dificulta achar objetos de uso urgente, como chaves e documentos

O primeiro passo para ser uma pessoa organizada é desapegar. Pensa comigo, quando a gente tem um monte de coisas tem até dificuldade em guardar, né? Dai arruma uma caixa e joga tudo o que não é guardável dentro dela e esconde. A pergunta chave que devemos fazer, segundo Mari Kondo, é “este item me faz feliz?“, caso a resposta seja sim, você pode guardá-lo desde que seja em um lugar visível e se a resposta for não, descarte. Simples? Nem um pouco rs… A dica dada pela organizadora pessoal Priscila Saboia é: Comece por itens fáceis de descartar. Meias velhas e potes sem tampa são bons exemplos.

Desapegar não é fácil, um estudo mostra que precisamos de apenas 30 segundos tocando um objeto para nos sentirmos conectados emocionalmente a ele para sempre. É como se o nosso cérebro nos impedisse de nos livrarmos de objetos com os dizeres: “opa, tem algo errado aqui, mas você pode se livrar dessa ansiedade e guardar esse objeto no lugar dele“.

Mas também há outra razão e essa foi a que eu achei mais interessante, principalmente porque usou um exemplo muito real pra mim: um livro que você ache relevante. Funciona quase como uma superstição: se você comprá-lo, seus desejos se tornarão realidade. Pode até ser que racionalmente, você saiba que nunca vai ler aquele livro, mas é como se o objeto fosse uma representação externa da sua identidade. O livro encostado  demonstra o seu apreço por letras, uma faceta importante de quem você é e jogá-lo fora seria como mudar de voz ou raspar as sobrancelhas. Não é bobagem.

♥ Causa ansiedade porque você não sabe quando vai se livrar

Outras coisa que achei interessante é que vez ou outra em posts sobre organização, leio sobre as famosas listas que nunca me ajudam. A explicação que Mari Kondo dá é que com as listas a gente tende a ficar mais ansioso e estressado para concluir a tarefa. Fazemos as mais fáceis, e as mais importantes acabam caindo no limbo.

Se você ainda não se convenceu de que a bagunça só atrapalha, aqui vão mais dois motivos extras:

♥ Alerta o cérebro constantemente que o trabalho não acabou;

♥ Provoca culpa e embaraço diante dos outros.

Achei muito bacana e super útil e agora vou correr pra arrumar meu quarto rs E você? Como consegue se organizar no seu dia-a-dia?

Oi Tchucos <3

Gente, sumi essa semana 🙁 Mas é por uma boa causa: estava cuidando das coisinhas do dia dos namorados lá na loja e isso levou tempo e energia, mas o resultado ficou incrível. Não podia deixar de vim trazer três livros para você suspirar antes, durante e depois do dia dos namoradinhos, pra compensar a falta hahaha <3

 

feliz dia dos namorados

Sr. Daniels

Se eu não tiver lido esse livro pelo menos dez vezes, eu não me chamo Luma. Sério, como eu amo Sr. Daniels, sempre que posso, indico esse lindo.

Do que se trata, Luminha?Ashlyn acabou de perder a irmã gêmea e vai morar com seu pai em Edgewood. Na bagagem ela carrega uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Ainda na estação de trem Ashlyn conhece o lindo e gentil músico, Daniel, e a atração é imediata. Eles descobrem que não só compartilham o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis.  Só que nem tudo são flores. No primeiro dia de aula na escola onde estuda e o pai é diretor, Ashilyn descobre que o belo músico de olhos azuis pelo qual está completamente apaixonada é na verdade, o Sr. Daniels, seu professor de inglês.

Ai, gente! Não dá, né!? NÃO DÁ!

 

dia dos namorados

Talvez Um Dia

Fiz resenha desse abençoado aqui já… Dei cinco estrelas e coloquei como favorito. Quer mais motivo?

Tá aqui ó: Esse é um daqueles livro que a sinopse não faz jus a história… Então vou falar com meu entendimento mesmo. No aniversário de 22 anos da Sidney, ela ganhou o maior presente de grego da história: descobriu que o namorado e a melhor amiga a traia. Sidney então vai parar na casa de Ridge, seu vizinho de frente no qual ela costuma ouvir tocar violão da varanda. Juntos eles começam a compor músicas maravilhosas até que esse entrosamento vira algo mais… O único problema é que Ridge tem namorada. E agora?

HEHEHEHE SÓ VEM!

 

dia dos namorados

Como Eu Era Antes De Você

Tem algum serzinho que ainda não ouviu falar nesse livro? Pois é, vou indicar mesmo assim porque vai virar filme e esse por si só já é um bom motivo ou não.

Vou colocar aqui só a sinopse mesmo… porque logo vocês vão saber que esse livro é incrível e amar assim como eu amo:

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade – um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas – e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.
Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

<3

Eu amei do fundo do meu coração esses livros, pessoal. E sei que voc~es vão amar também. Boa leitura e feliz dia dos namorados 

 

 

termoprotetor

Olares! Gente, quem ai leu o post onde eu indico sete produtinhos naturais que você deve conhecer? Pois é! Vim falar sobre um em especial… O Nutri Spray Termoprotetor me chamou atenção primeiro pelo cheiro, é muito cheiroso, tanto é que não resisti e já tava usando como perfume de cabelo rs. Ele tem em sua fórmula, extrato de Castanha do Pará e Mel Silvestre e ervas como Calêndula, Bétula e Carobinha que são os principais responsáveis por proteger os fios do calor excessivo, e a Turmalina que prolonga o efeito liso.

Meu cabelo ficou tão macio e cheiroso que virou um dos meus produtos favoritos da vida. E não serve só pra quem, assim como eu, é refém do secador e chapinha, pode ser usado pra quem vai expor os fios no sol também.

Além de todos esses benefícios, o Termoprotetor é feito só com ingredientes puros e naturais, ou seja, nada de conservantes e corantes artificiais (can I get an amen?), não é testado em animais, não contém glúten e é totalmente livre de parabenos. Um produto vegano.

Muito amor envolvido, né? Além de deixar seus fios lindos, perfumados e protegidos, você ainda cuida da natureza e dos animais <3

 

dicas

Olá pessoal! Algumas pessoas já pediram esse post aqui e agora que estou trabalhando em uma livraria, me senti mais inspirada ainda para conversar com vocês.

É muito comum as pessoas chegarem em mim e falarem: não gosto muito de ler, mas queria criar esse hábito. Se você é uma dessas pessoas que não tem hábito de ler e gostaria de começar ou até gosta, mas nunca encontra tempo, vem comigo e acompanhe essas dicas para gostar de ler:

TBR

#1 Ler é um entretenimento

Portanto, você deve se divertir. Eu leio de tudo, mas minhas preferencias estão em romances, New Adults e Young Adults e é bem comum eu sofrer um certo preconceito por isso. Não se importe com as criticas, o importante é ler. Mas como saber por onde começar?

Quando um cliente me pede indicação na livraria eu sempre pergunto: Qual foi o último livro que você leu e gostou muito?

Isso me ajuda a direcionar melhor minhas escolhas de acordo com o estilo de cada pessoa, mas se você anda não tem essa opinião formada, você pode fazer 3 coisas:

1) Sabe aquele filme que você amou? Saiba que livros e filmes andam de mãos dadas. Você pode se direcionar a partir dai;

2) Procure listas de livros mais vendidos. Escolha um título e o pesquise na internet;

3) Devore sinopses.

 

#2 Não fique preso apenas a um gênero

Comprou aquele romance maravilhoso e amou? Ótimo. Agora procure coisas novas, que tal Fantasia? Parece um desperdício ter tantos gêneros disponíveis e a gente ali preso em um só. Tente se interessar por pelo menos dois gêneros, assim você fica até mais informada sobre modos de escrita e se divertido com o estilo de cada um deles.

 

#3 Carregue sua leitura atual para todos os lados

Principalmente se a sua desculpa for a falta de tempo. Aproveite para ler nos pequenos intervalos. Vai pegar ônibus? A fila está grande? Sobrou uns minutos no horário de almoço? O livro pode ser uma ótima distração.

 

#4 Coloque metas

Se isso ajudar a leitura fluir, por que não? Você pode criar uma rotina: por exemplo, criar um horário pré determinado para ler. Ou criar metas: ler tantas páginas em tantos dias, ler um capítulo por dia. Faça um compromisso com você mesmo.

 

#5 E se tiver um cantinho é bem melhor

Crie um espaço agradável para ler. Às vezes em casa é complicado, sempre tem alguém que te chama ou aquele vizinho barulhento… Mas se você tiver um cantinho, talvez fique mais fácil se desligar. Você pode criar uma mini biblioteca e decorar como quiser. Se decidir sair de casa por umas horinhas, ler debaixo de uma arvore é uma delicia! Ahh só não esqueça de que não importa qual seja o ambiente, a iluminação é muito importante!

 

#6 Vá dormir mais cedo

Não cumpriu sua meta do dia? A sua casa tava um caos? O cachorro não parava de latir? Vá deitar mais cedo, a noite costuma ser um ótimo turno para ler, pois é mais calmo e silencioso. Ler antes de dormir é uma delicia e de quebra te traz sonhos maravilhosos.

antesdas5

Imagem retirada de http://thisiskeyko.com/

Oi gente!

Tenho lido muitas coisas sobre ter um blog ultimamente e vim dar meu parecer rs

Como já explicado, eu já tive outros blogs que foram um desastre, mas dai comecei ser colunista no Cadê Meu Chapéu? e pam acordei pra vida! Sabe por que os meus blogs nunca deram certo? Porque eu nunca tinha encontrado algo que eu gostasse de falar sobre…

Um nome para o blog

Ter um blog não é uma tarefa fácil e exige tempo, mas todo mundo é capaz de ter um. Eu chamei a Nathalia pra ser minha parceira – ela anda meio sumidinha porque está na reta final da faculdade, mas já já ela volta dar as caras – e a parte mais difícil – pasmem – foi escolher um nome! (Obrigada Luíza!)

Gente, o nome do blog tem que ser algo a sua cara, que você se sinta segura e não tenha vergonha de anunciar para o público.

Curiosidade: O nome que estava entre os mais cotados era Cher Ami.

Encontre sua identidade

Gente a Keyko é a pessoa que fez milagres na minha vida! Ela é a responsável pelo layout… Porém me deu tantas dicas legais, soube me ouvir, super parceira mesmo. Encontre essa pessoa na sua vida, pois ela só tem a acrescentar. Confie suas ideias, mas não vá com elas fechadas, aceite novos detalhes, mas se não gostar, não tenha vergonha de dizer não, esse é seu espaço.

layout-para-blog-wordpress-ad5-2

Imagem retirada de http://thisiskeyko.com/

 

1 – Cabeçalho das postagens em cores suaves sobre um rastro de pincel aquarelado.  A ideia da aquarela foi minha, mas a Keyko arrasou nos detalhes!
2 – Achei um mimo os ícones de redes sociais.
3 – A escolha da paleta de cores também deu trabalho, mandei para a Keyko e ela distribuiu as cores divinamente bem.
4 – A foto do perfil hahaha vocês acreditam que eu e a Nathalia não tinhamos nenhuma foto decente juntas? Espero poder mudar isso em breve, mas amamos o efeito super fofo que a Keyko deu pra diminuir o desastre.
5 – O rodapé das postagens é uma das partes que mais gosto, fico super feliz quando vejo minha foto no autor do post, e é aqui que vocês devem vim pra compartilhar nas redes sociais e fazer os comentários.
6 – O Rodapé bem simples e suave com a logo do blog e os créditos. <3

Frequência de postagens

Cada blog é único, mas não é por isso que eu não possa falar o que funciona pra mim em relação a frequência de postagens.

Como leitora de outros blogs, acompanho alguns que tem postagens diárias, mais de uma postagem por dia, três vezes por semana, uma vez por semana, uma vez por mês! Não tem regra… Porém, quando o blog demora muito tempo para atualizar a gente vai até esquecendo de olhar, não é igual aquele blog que você entra sabendo que todo dia tem novidade! Mas atenção! Não adianta postar todo dia de qualquer jeito, né gente?

bleog

Qual é a sua marca?

Eu fico observando algumas dicas para bombar o blog e é quase unanime o quesito originalidade. Eu escolhi falar sobre algo que existe outros milhões de blogs que falam sobre e não tenho muito pra onde correr, acho que a dica deve ser: faça do seu jeito. Eu não tenho muitos acessos e a qualidade da mídia do  blog vem melhorando, mas está longe de ser perfeita (imagine minha cara quando uma amiga falou que gosta das minhas fotos hahaha) mas eu falo como se estivesse dando dicas para minhas amigas, posto as fotos que não são perfeitas e esse é meu jeito e funciona.  Não crie seu blog pensando em parcerias, nem nada disso… Isso dai é consequência de um trabalho bem feito 😉

 

O blog é uma das coisas que mais amo fazer, por isso não é algo complicado. Todo dia aprendo alguma coisa, pra mim já é sucesso!

tags:

instant-life-14

Olá pessoal! Vamos falar um pouquinho sobre organização. Eu tenho tinha um sério problema: por mais que eu tentasse, minha vida sempre estava uma zona! Mas estava cansada disso e resolvi pesquisar sobre o assunto. Posso adiantar que não estou totalmente curada da minha desordem, mas as melhoras já são perceptíveis.

Comecei colocando em prática algo que minha mãe sempre ensinou: arrumar a cama. É uma coisa simples, mas que faz muita diferença. Quando você arruma a cama, o seu dia já começa organizado e te dá pique para fazer o restante das suas obrigações.

Conheci o livro Time Warrior (sem tradução) enquanto navegava no blog Serendipity e depois de ler a resenha do Guilherme de Souza, eu corri para comprar o livro do Steve Chandler, que me deu a seguinte motivação:

Apenas escolha uma tarefa e comece a fazê-la.

E não é que depois que apliquei isso, as coisas começaram fluir?

Eu tinha o péssimo hábito de ficar enrolando certas atividades, até me obrigar a fazer aquilo, mas agora eu coloco no meu planejamento e já resolvo de uma vez!

instant-life-11

Percebi que o destino conspirava a meu favor quando me deparei com a capa de setembro/2014 da revista Super Interessante, que fala sobre foco.

Querendo fazer tudo você não faz nada. Planejar é preciso.

O texto do Alexandre de Santi nos dá sete dicas para conseguirmos nos focar (que é a parte mais importante para quem quer começar ter uma vida organizada) que eu tomarei a liberdade de resumi-las aqui.

  1. Separe o urgente do importante

♥ Urgente: tudo aquilo que gera punição caso você não resolva no prazo estabelecido.

♥ Importante: tudo que ajuda a conquistar objetivos, sem prazo claro ou próximo.

  1. Fatie o que é importante em tarefas

Objetivos não são tarefas. Um dos principais segredos do foco é aprender a transformar sonhos em ações práticas.

Falar inglês fluentemente é intimidador. Marcar aula de inglês é uma tarefa clara.

  1. Divida tarefa em mini tarefas

Cumprir tarefas dispara a sensação de prazer. Use isso a seu favor criando tarefas pequenas.

  1. Anote tudo

Anote todas as suas ideias, de preferência colocando prazos para resolver ou voltar a pensar no assunto.

  1. Cuide do seu corpo

Encaramos o foco como um assunto da mente, mas ele também vem de um corpo saudável. Aquela dorzinha tira sim, sua concentração. Se dorme pouco, perde horas produtivas do dia seguinte. Por outro lado, se você pegar no batente depois de ter feito academia, as tarefas não vão influenciar tanto o seu humor. Moral da história: agende tarefas chatas na sequência de uma sessão de exercícios.

  1. Desligue focos de desatenção

Está calor e o ar condicionado está estragado? Dê um jeito nisso. O ambiente de trabalho é barulhento? Fuja para outra sala. Nem sempre temos controle do ambiente, mas, sempre que possível, tente criar as condições mínimas para o foco.

  1. Abrace rituais próprios

Cada um é refém de suas manias na hora de se concentrar. Por exemplo, se você precisa se concentrar capriche na playlist da estação de trabalho.

instant-life-0

Espero que as dicas tenham sido tão valiosas para vocês como foram pra mim. Em breve, pretendo escrever um post sobre minha organização diária.

As imagens que usei para ilustrar esse post é de um projeto chamado Instant life do fotógrafo parisiense Florian Beaudenon.

 


@blogantesdascinco