Toda Sua
20.11.2014

ATENÇÃO! Crianças, definitivamente nada de interessante pra vocês aqui!

~ +18~

DSCN1733

 

Olá Brasil! Tô terrível, eu sei rs…

Essa semana nossos corações foram tomados pela curiosidade de ler o novo volume da série CrossfireSomente Sua, então pode ser um bom momento, ou não, para destrinchar os livros anteriores.

 

“É possível que duas vítimas de abuso tenham uma relação romântica saudável?”

 

Em uma era em que os livros eróticos eram novidade, pelo menos pra mim, me deparo com Toda Sua logo após ler 50 Tons de Cinza

Gente, lembro de ter ficado indignada com a semelhança entre os dois livros, mas logo nas primeiras páginas começou a mexer comigo quando deu uma descrição encantadora de New York.

A estória foi tomando personalidade LENTAMENTE. De primeira, percebemos que Eva tem problemas sérios e no lugar dela eu também me sentiria sufocada com tanta superproteção.

 

“Meu amiguinho e eu temos uma relação bem clara – quando a brincadeira acaba, sabemos exatamente quem foi usado, e esse alguém nunca sou eu. Boa noite, Gideon.”

 

Uma personagem desequilibrada que se desenvolveu de maneira confusa, porém totalmente compreensiva, já que a escritora fez questão de deixar bem claro todas as suas neuras.Na minha opinião, apesar de Eva fugir do esteriótipo de mocinha inocente, foi uma personagem muito carregada. Minha cabeça ficou meio cheia depois da leitura.

DSCN1730

 

Ele não era apenas lindo, era… fascinante. O tipo de cara que faz uma mulher querer abrir sua camisa em um único puxão e ver os botões irem abaixo junto com as inibições.

 

Já o Gideon me irritou muito no começo do livro, não tive nenhum interesse por ele e em algumas circunstâncias sua abordagem me causou certo asco, porém é um personagem que se desenvolveu bem melhor que a Eva e no final até bati palmas por ele suportar ela. E arrisco dizer que ele é bem mais carismático que o Christian. Odeio ter que fazer essas comparações, mas é porque a Sylvia Day tava pedindo.

 

“Dã. Você é lindo, gostoso e muito bem dotado.”
“Fico feliz com sua aprovação. Também sou podre de rico.

 

Apesar de perceber o crescimento do Gideon, ele ainda precisa aprender deixar de ser mala – sim! Super controlador e protetor e eu diria até meio cara de pau, essa mania de achar que tudo se resolve com sexo me deu preguiça.

Mas preciso concordar que esse livro é bastante *tosse* erótico. Fiquei um pouco assustada com essa voracidade – se é que vocês me entendem.
“Vá para casa, Gideon. Por favor.”
“Eu estou em casa.” Ele me agarrou por trás e enfiou o rosto nos meus cabelos ensopados. “Estou com você.”
DSCN1728

Gostei de descobrir vários assuntos como a doença do Gideon, a parassonia sexual atípica e o Krav Maga – arte marcial praticada pela Eva.

Não fique desanimado, pois uma das coisas que mais me prenderam a essa série foi ver o crescimento da escritora no decorrer dos livros <3

Até a próxima!

1 comentário

  • […] pessoal, voltando a falar da série Crossfire, Profundamente Sua começa exatamente onde parou Toda Sua, com outra descrição fabulosa de New York <3 […]

  • Deixe seu comentário

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    @lumanunesblog